Paróquia São Domingos

Diocese
Menu
Paróquia São Domingos
Paróquia São Domingos

Rua Firmino Paim, 400 - Torres - RS

Notícias da paróquia › 14/09/2021

Jovem em formação religiosa faz relato de sua experiência

A Equipe Vocacional Paroquial (EVP) São Domingos, em contato com a jovem Ana Rafaela Agliardi Pereira, que desde fevereiro de 2021 está em período formativo religioso no Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, em Curitiba-PR, pediu que ela fizesse um relato pessoal de como está sendo estes primeiros meses. O relato é belíssimo e emocionante. Desta forma, a EVP resolveu publicá-lo na íntegra.

Ana Rafaela Agliardi Pereira

Estou na primeira etapa de formação, que em nosso Instituto chamamos de pré-postulado. Uma etapa onde conhecemos um pouco mais sobre a congregação (seu carisma e vivência), e o principal, começamos a entendermos um pouco melhor sobre quem nós somos e o que desejamos para nossa vida. É o início de um processo de discernimento mais aprofundado sobre a nossa vocação. É importante compreender que este processo não ajuda a entendermos apenas o nosso chamado, mas nos prepara para sermos bons cristãos para o mundo, independente do caminho que iremos seguir.

Durantes estes meses fui me encantando ainda mais pela vocação religiosa. Foi aqui que me encontrei! Percebi que, mesmo longe, ainda sou muito próxima das pessoas que tive que deixar para seguir o destino no qual Deus me chamava. Em meio às dificuldades encontradas pelo caminho, tive a certeza que Deus nos prepara o melhor. Um dos tormentos que encontrei, nos primeiros meses, no mar da vocação, foi a perda da minha querida avó, umas das pessoas que mais me apoiou nesta jornada. Hoje sei que ela está lá no céu intercedendo por meu chamado. Em dias de saudade é também a ela que recorro, para conseguir forças para prosseguir.

Durante essa etapa de formação, temos algumas aulas que nos auxiliam a entendermos mais sobre a nossa Igreja e o carisma que a congregação nos propõe a viver. Também contamos com momentos de retiros e orações que nos fortificam para essa jornada. Claro que passamos por momentos que o coração aperta de saudade, mas é recorrendo a Deus, e ao seu querido e amado Filho Jesus, que encontramos forças para seguir. O apoio da família e dos amigos auxilia muito, pois sabemos que eles também nos ajudam a buscar nossa felicidade. Sempre que achamos necessidade podemos entrar em contato, para matarmos um pouco desta saudade, ainda que logo aprendamos a conviver com ela.

Em visita à família

Neste ano tivemos a oportunidade de visitarmos nossa família durante uma semana, no qual pude viver uma experiência de reencontro. E apesar de estar feliz por rever os meus familiares senti uma grande saudade de estar em contato com as Irmãs e com as minhas colegas de formação. Com isso, foi se confirmando a certeza no meu coração de que estou no lugar certo. Foi importante rever a família que sentíamos tanta saudade, mostrá-los que estava feliz. Também foi importante reencontrar os colegas de trabalho e as irmãs que tanto me ajudaram nesta caminhada.

Ana Rafaela e colegas de formação

Um dos momentos mais especiais foi rever o grupo de jovens, no qual estive no auxílio de sua continuidade no ano passado e que pela primeira vez pude participar do encontro presencial novamente. Tive uma bonita partilha sobre minha trajetória vocacional, relatos e dúvidas simples que surgiram de nossa conversa. No grupo 4s tive muito apoio durante a jornada inicial de discernimento. Neste momento tive ainda mais apoio e carinho deles, que fizeram parte de bons momentos de minha vida, hoje rezo e os acompanho de longe, sempre intercedendo por sua perseverança!

Uma coisa que me alegrou muito nesta jornada é ver que meu testemunho ajuda também outras jovens a refletirem sobre a vocação. Uma frase que uma irmã sempre me falou é que “a vocação acertada significa uma vida feliz”. Ver hoje a iniciativa da diocese de auxiliar ainda mais a vocação religiosa me deixa muito contente, pois sei como é bom uma jovem poder compartilhar com outra este caminho, se descobrir e ver que Deus a chama também. Penso que Deus me preparou da forma que eu necessitava, mas muitas vezes me sentia sozinha e que talvez não compreendia este chamado. Como é bom ver que a diocese vem pensando e se modelando para auxiliar ainda mais nesta jornada, tenho a esperanças que Deus nos concederá ainda mais belas vocações”, relata Ana Rafaela.

A coordenadora da EVP São Domingos, que foi a pessoa que entrou em contato com Ana Rafaela, Carmem Lucia de Souza Oliveira, conta que toda a equipe e a paróquia rezam pela vocação desta jovem, bem como bela vocação dos seminaristas da Diocese de Osório e todos os vocacionados que estão em discernimento, “este relato me emocionou bastante, fui às lágrimas… Tanto eu, quanto todos os membros da EVP, padre Leonir e padre Almo, as irmãs da Escola Sagrado São Domingos ou as irmãs do Hospital Nossa Senhora dos Navegantes estamos disponíveis, a todo e qualquer momento para conversarmos a respeito de vocação. Portanto, você jovem, pode nos procurar, tanto pessoalmente na secretaria paroquial, nas missas ou até mesmo por whatsApp paroquial 51 3664-1166 ou pelo meu WhatsApp pessoal 51 99919-8742”. Finaliza.

 

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Horário de Missas

Sineiro

Rádio Maristela


Mensagem do Pároco

Vídeos

Setembro de 2021 – O MÊS DA BÍBLIA

Nossas Comunidades