Paróquia São Domingos

Diocese
Menu
Paróquia São Domingos
Paróquia São Domingos

Rua Firmino Paim, 400 - Torres - RS

A Voz do Pastor › 18/11/2021

QUE REI É JESUS?

O evangelho deste final de semana, (Jo 18,33b-37), festa de Cristo Rei e final do ano litúrgico, apresenta Jesus como Rei do Universo.

O texto inicia-se com uma pergunta de Pilatos: “Tu és o rei dos judeus?”. O processo de Jesus é o resultado de várias rejeições por parte das autoridades político-religiosas daquele tempo, que recusaram o messianismo de Jesus enquanto o realizador das promessas do Pai. Não aderindo a ele, deixaram de ser o Israel de Deus para se tornar um povo como qualquer outro.

Jesus responde a Pilatos. Sua resposta pretende fazê-lo tomar posição em primeira pessoa: “Você está dizendo isso por você mesmo ou foram outros que lhe disseram isso a meu respeito?” Pilatos nega qualquer responsabilidade no caso: as autoridades e o povo, recusando o messianismo de Jesus, o entregaram ao poder dominador. Reconhecer que Jesus vem de Deus e que suas obras revelam o projeto do Pai é resultado da fé que leva ao compromisso com ele. No v. 36, central no diálogo de Jesus e Pilatos, percebemos a rejeição a realeza que se fundamenta na força e no poder. Ele não está pretendendo um trono nem vai usurpar o poder de Pilatos: “O meu reino não é deste mundo. Se o meu reino fosse deste mundo, os meus guardas lutariam para que eu não fosse entregue aos judeus. Mas agora o meu reino não é daqui”. Essa afirmação estabelece a fronteira entre os reinos deste mundo e a realeza de Jesus. Os que são deste mundo têm exército, armas, meios para se defender e se firmar no poder. Se for o caso, eliminam todos os concorrentes, fazem calar os opositores. A realeza de Jesus, ao contrário, não se baseia na injustiça e opressão. Não pertence a este mundo, ou seja, não se baseia no modo como os poderosos conquistam e mantêm o poder. Em vez de tirar vidas, Jesus-rei vai dar a própria vida para que todos possam viver.

É rei porque dá a vida pelo povo. O reino de Jesus não é daqui, não é dessa ordem de coisas. Ele vem do Pai e do Espírito e comunica a vida para todos. Pilatos estranha esse tipo de realeza: “Então tu és rei?”. A resposta diz qual é a função da realeza de Jesus: “Por isso nasci e por isso vim ao mundo: para dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”. Esta afirmação de Jesus é um desafio à comunidade cristã: pertencer à verdade e ouvir a voz de Jesus. Pertencer à verdade é aderir a ele, reconhecer sua realeza-serviço. Ouvir sua voz é pertencer a seu rebanho e segui-lo livremente.

 

Leonir Alves

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Horário de Missas

Sineiro

Rádio Maristela


Mensagem do Pároco

Vídeos

Ano Novo – “Vem aí 365 novas oportunidades!

Nossas Comunidades