Paróquia São Domingos

Diocese
Menu
Paróquia São Domingos
Paróquia São Domingos

Rua Firmino Paim, 400 - Torres - RS

A Voz do Pastor › 07/10/2021

O QUE É SEGUIR JESUS?

No Evangelho deste final de semana, 28o domingo do tempo comum (Mc 10,17-30), temos o conhecido relato do jovem rico.

Um jovem piedoso observante da lei vem correndo e cai de joelhos diante de Jesus, ansioso e temeroso da morte. As suas acentuadas reverências podem esconder certo exibicionismo, característico das relações entre pessoas de posses. Assim também o título com que se dirige a Jesus: “Bom Mestre…”, o qual Jesus rejeita.

Jesus lhe recorda os tradicionais mandamentos da Lei, acrescentando, contudo, um: “não defraudarás ninguém”, que diz respeito à apropriação injusta de bens. O homem, então, afirma que tudo tem observado. Jesus lhe propõe, então, o passo mais importante que leva à comunhão de vida com Deus, na eternidade: o despojamento das riquezas e a partilha com os pobres. O piedoso apegado às riquezas, entristecido, rejeita o caminho da vida eterna. Mesmo que pessoalmente possa não ser injusto, esse homem, ao manter sua riqueza, ela própria fruto da injustiça, está conivente com a injustiça da sociedade, com seu sistema e suas estruturas econômicas opressoras e exploradoras.

Superar o obstáculo das riquezas é impossível para os homens submissos à ganância, porém para Deus tudo é possível. Em contraste, temos Pedro que afirma sua fé e sua adesão ao seguimento de Jesus, declarando seu desapego de tudo. Nos evangelhos, comumente, Pedro fala representando a comunidade de discípulos.

A opção de Pedro é pelo abandono do apego ao bem privado e o gozo do bem partilhado, comunitário. É o caminho do seguimento de Jesus na construção do mundo novo de justiça e paz. Evidencia-se a proposta da rejeição desta estrutura social, dividida entre privilegiados, opressores e ricos, e excluídos, oprimidos e explorados. É um projeto que contraria a acumulação capitalista privada resultante da exploração do trabalho dos pequenos empobrecidos. Este projeto, assumido por causa de Jesus e do evangelho, suscitará a perseguição por parte dos poderosos beneficiários de seu projeto de acumulação financeira em um mercado global.

O projeto de Jesus, significa a inserção na vida eterna do “mundo futuro”. É o mundo novo possível, com a renúncia ao bem privado, na partilha do bem comum, em comunhão com a natureza, com o próximo e com Deus, na paz e na vida plena.

 

NOSSA SENHORA APARECIDA – Nesta terça feira, 12 de outubro celebramos a festa de Nossa Senhora Aparecida, padroeira de Brasil. Desde 1717, quando os três pescadores recolhem das águas do rio Paraíba a imagem, até os dias de hoje a devoção se espalha e cresce cada vez mais. Maria que aparece preta, dizendo não ao preconceito e a escravidão. Com certeza, é a devoção mais popular em nosso país. É difícil um lar, que não tenha uma imagem de Nossa Senhora Aparecida. A ela clamamos e pedimos a intercessão ao Bom Deus. A programação aqui em Torres conta com missas na Igreja Santa Luzia as 10h e as 18h e almoço vocacional no salão paroquial, no sistema pegue leve.

 

Pe. Leonir Alves

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Horário de Missas

Sineiro

Rádio Maristela


Mensagem do Pároco

Vídeos

Ano Novo – “Vem aí 365 novas oportunidades!

Nossas Comunidades