Paróquia São Domingos

Diocese
Menu
Paróquia São Domingos
Paróquia São Domingos

Rua Firmino Paim, 400 - Torres - RS

A Voz do Pastor › 09/01/2020

Batismo: missão de Jesus

Neste final de semana a Igreja celebra a festa do Batismo de Jesus (Mt 3,13-17). João Batista estava pregando um batismo de penitência, visando preparar o povo para a chegada do Messias, que traria o batismo com o Espírito Santo e com fogo.
O Messias anunciado por João Batista era uma espécie de juiz escatológico terrível. Jesus, porém, não aparece como tal, e sim como simples candidato ao batismo de penitência, solidarizando-se com os pecadores. Ele apresenta-se para ser batizado e João Batista não entende: “Sou eu que devo ser batizado por ti, e tu vens a mim”. Jesus, de fato, não precisava desse batismo. Submete-se, porém, a ele “porque devemos cumprir toda a justiça”. Note-se que emprega a primeira pessoa do plural: devemos. Ele está falando de si próprio, do Pai, cujo projeto cumpre com fidelidade, do Espírito que virá sobre ele e, por extensão, refere-se a todos os que se comprometem com ele.
Há, portanto, grande tarefa comum: cumprir toda a justiça. Jesus cumpre a justiça do Pai. De qual justiça está falando? Certamente não se trata de um código de leis, nem da justiça pregada pelos rabis, fariseus e doutores da Lei daquele tempo, nem da legislação jurídico-religiosa de nossos dias. Ele se submete ao batismo como forma de cumprir a vontade, isto é, a justiça do Pai. Em outras palavras, submetendo-se ao batismo de João, Jesus assume o Projeto do Pai. E o pai confirma o projeto e a missão do filho: “Este é o meu Filho amado, no qual encontro a minha complacência” Entendemos a grandiosidade da missão do Batismo de Jesus?

NOSSO BATISMO: NOSSA MISSAO – O batismo de Jesus nos leva a refletir sobre o nosso batismo. Muitas pessoas ainda entendem o batismo como algo mágico para abençoar, evitar doenças e não deixar que nada de ruim aconteça com a criança. O batismo não é isso! Decidir pelo batismo, nesta Igreja, nesta fé, nesta comunidade e optar por Jesus Cristo e seu projeto de vida dentro da comunidade Igreja. No batismo os pais e padrinhos dizem sim a esta missão e se comprometem a educar seu filho e afilhado nesta fé, nesta Igreja e nesta comunidade. Quando a criança crescer, ela mesma vai decidir se quer viver esta fé com o sacramento do crisma. Por isso que o batismo nos faz discípulos, isto é, nos coloca junto com Jesus Cristo e nos faz também Missionários, ou seja, a partir daí, somos chamados a anunciar está fé, este projeto, esta Igreja. Como estamos vivendo nosso batismo? Podemos dizer que somos discípulos e missionários de Jesus?

 

Pe. Leonir Alves

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Horário de Missas

Santa Luzia
Segunda, quarta e sexta-feira: 19h Sábado: 19h30min
Domingo: 9h e 19h30min
Grupo de Oração
Terça-feira: 20h(Grupo Mãe de Deus)
São Domingos
Terça,quinta-feira e sábado: 18h Domingo: 7h30min e 18h

Rádio Maristela


Mensagem do Pároco

Vídeos

Homenagem ao Padre

Nossas Comunidades