Paróquia São Domingos

Diocese
Menu
Paróquia São Domingos
Paróquia São Domingos

Rua Firmino Paim, 400 - Torres - RS

Cerco de Jericó reúne movimentos e pastorais da paróquia

No domingo, 17 de outubro houve o encerramento do Cerco de Jericó na Paróquia São Domingos. Ele aconteceu entre os dias 11 e 17 de outubro e já é uma devoção que ao longo dos anos vem sendo praticada nessa paróquia pela Renovação Carismática Católica (RCC). Porém, neste ano o evento foi marcado pela unidade e participação dos movimentos, serviços e pastorais em toda a programação.

Durante este tempo de pandemia, onde muitos foram privados de estarem presentes na igreja, poder vivenciar de forma tão intensa esses dias de orações fez com que renovasse o sentimento de pertença a Igreja de Cristo que, em sua diversidade, se faz una e com a missão de acolher a todos. Motivados pelo tema “vede como eles se amam” toda a paróquia pode, em comunidade, rezar juntos nos mais diversos momentos: missas diárias, momentos de oração e pregação da Palavra e adoração ao Santíssimo Sacramento.

Para os momentos das pregações específicas de cada noite, foram convidados os leigos Jucimar Godinho e Rossandra Maciel de Bittencourt, da Paróquia São Domingos, Neuza Beatriz Santos Reus, da Paróquia São Pedro, de Xangri-lá e o casal Alessandra e Eberson Trindade, coordenadores estadual do Ministério para as Famílias da RCC. Além destes, os padres Ozéias Viera, pároco da Paróquia São José Operário, da Vila São João e Anderson Cardoso Costa, pároco da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, de Passo de Torres e o Diácono Paulo Machado participaram com suas pregações iluminadas pela ação do Espírito Santo.

A leiga, participante do Grupo de Oração Mãe de Deus, Andressa de Oliveira Maciel Cardoso relata que as noites de oração foram permeadas pela alegria de poder estar diante de Jesus Eucarístico e a gratidão pela vida em comunidade.

“tivemos a oportunidade de nos deixar tocar por Cristo na Eucaristia e através dos irmãos. Certamente, ainda colheremos muitos frutos destes dias”, conta Andressa.

A cursilhista Marcia Regina Selau Borges destaca o terço das crianças que aconteceu na noite de terça-feira e acredita que estes momentos devem ser incentivados também em casa. Conta ainda, que na noite do encerramento ficou muito tocada pelas palavras do padre Anderson.

“É necessário que amemos primeiro a Deus, depois a nós mesmos e os irmãos, para que então assim, outros possam olhar e dizer “vede como se amam”. O padre Anderson nos fez questionar: será mesmo que nós católicos amamos uns aos outros, nas nossas comunidades, movimentos e pastorais? E nos fez entender que para receber o abraço do Pai e dos irmãos é preciso que nós queiramos ser abraçados”, emociona-se Márcia.

Padre Anderson Cardoso Costa

Padre Anderson em sua pregação no encerramento do Cerco de Jericó falou que o cristão tem que ser humilde, que deve servir sem querer estar a” direita ou a esquerda” do Pai, ou seja, num lugar de privilégio.  Mas, ao contrário, que deve-se servir com amor a Igreja e por amor a Deus. Relatou ainda, que a exemplo de Jesus Cristo que sempre se mostrou humilde, que quis ser visto com os pobres e mansos de coração, cada cristão católico deve tentar imitá-lo. Falou ainda do amor entre irmãos. Onde cada um tem que ser amoroso com o seu próximo e que esse amor seja percebido por quem observa de fora e, desta forma, o lema deste Cerco, “olhai e vede como se amam” se tornaria real. Finalizou sua pregação convidando a todos a amar não apenas  por palavras, mas em atos e serviços  prestados com amor, muitas vezes podendo ser até no anonimato.

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Horário de Missas

Sineiro

Rádio Maristela


Mensagem do Pároco

Vídeos

Novembro de 2021 – Mensagem de esperança!

Nossas Comunidades